eAZFlora-Electronic Flora of the Azores for Smartphones and Tablets

 

DESIGNAÇÃO DO PROJETO

eAZFlora-Electronic Flora of the Azores for Smartphones and Tablets

CÓDIGO DO PROJETO

ACORES-01-0145-FEDER-00007 eAZFlora

OBJETIVO PRINCIPAL

A Estratégia Europeia 2020 e a proposta da Comissão Europeia de 2010 para unificar a inovação foram contextualizados para os Açores pela estratégia RIS3. Considerando as três áreas prioritárias definidas para os Açores, o projeto eAZFlora está em linha com as orientações europeias para a inovação no que corresponde à área prioritária regional do turismo.

Os principais objetivos do projeto são:

1) Desenvolver a primeira Flora dos Açores com base em dados taxonómicos revistos ​​e atualizados;

2) Rever taxa duvidosos através de análises morfológicas e moleculares;

3) Desenvolver uma base de dados eletrónica para armazenar os conteúdos da flora, que ficará disponível ao publico através de uma interface online - Plataforma eAZFlora;

4) Desenvolver um programa para smartphones e tablets (app) que irá interagir com a base de dados da Flora – aplicação eAZFlora.

ENTIDADE BENEFICIÁRIA: Fundação Gaspar Frutuoso, FP

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 113.259,60 €

APOIO FINANCEIRO DA UNIÃO EUROPEIA: 96.270,66 €

DESCRIÇÃO

Vários estudos recentes desenvolvidos ao nível morfológico e molecular demostraram a existência de uma quantidade surpreendente de novas espécies, subespécies e variedades previamente desconhecidas no arquipélago dos Açores. Estas e outras adições à flora açoriana têm sido publicadas em revistas da especialidade, que não são geralmente acessíveis ao público em geral, nunca tendo sido também produzida uma verdadeira Flora dos Açores até à data.

Os Açores estão a tornar-se numa escolha para os turistas que querem experimentar férias em natureza. Uma fonte primordial de interesse do turismo de natureza nos Açores relaciona-se com a sua flora. As pessoas mostram-se muitas vezes curiosas sobre as plantas que encontram ao visitar áreas naturais e jardins, mas falta-lhes conhecimento botânico para as identificar. Algumas aplicações informáticas foram desenvolvidas em diversas áreas utilizando a captura de imagens para reconhecimento de conteúdos. Em botânica, tal apresenta grande interesse, uma vez que torna a identificação das plantas uma tarefa fácil para os não-botânicos, apresentando também um enorme potencial educativo.

Com o projeto eAZFlora propomos combinar o interesse científico de desenvolver a primeira Flora dos Açores com o valor turístico e educacional de tornar este conhecimento científico disponível para não-especialistas através do uso de dispositivos móveis e do estado da arte em programação de aplicações de reconhecimento de imagem.

RESULTADOS

No final do projeto esperamos ter produzido conteúdo científico que irá alimentar um website personalizado - Plataforma eAZFlora - e uma aplicação móvel desenvolvida especificamente para o projeto e que irá tornar a identificação de plantas acessível para os utilizadores não-botânicos, aumentando assim o potencial turístico da flora dos Açores e principais jardins do arquipélago.

Adicionalmente, o projeto permitirá a formação avançada de investigadores, publicações em revistas internacionais e comunicações em encontros científicos, estando também prevista a organização de um encontro aberto ao publico em geral e potenciais stakeholders onde se irá dar a conhecer os resultados do projeto.

FOTOGRAFIAS