Phytoplankton-bacteria interactions: from coexistence to coevolution in a changing ocean - PhyBa_CO2

 

DESIGNAÇÃO DO PROJETO

Phytoplankton-bacteria interactions: from coexistence to coevolution in a changing ocean - PhyBa_CO2

CÓDIGO DO PROJETO

ACORES-01-0145-FEDER-000038

OBJETIVO PRINCIPAL

O objectivo principal é investigar a influência das relações estabelecidas entre o fitoplâncton e as bactérias marinhas na resposta, tanto a curto como a longo prazo, do primeiro referido às mudanças globais.

ENTIDADE BENEFICIÁRIA: Fundação Gaspar Frutuoso.

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 145 195,99€

APOIO FINANCEIRO DA UNIÃO EUROPEIA: 123 416,59€ (FEDER)

DESCRIÇÃO

Os seres vivos têm coexistido desde que a vida apareceu no planeta Terra. Essa coexistência, quer seja numa relação de mutualismo, predação ou parasitismo, influência a sua evolução. O fitoplâncton estabelece uma relação de extrema relevância para os ciclos biogeoquímicos com as bactérias heterotróficas, já que à medida que o fitoplâncton fixa carbono, usando luz como fonte de energia, as bactérias remineralizam a matéria orgânica produzida. Contudo, existe pouco conhecimento acerca do papel destas relações na coevolução assim como a sua relevância num mundo em mudança (por exemplo aumento de dióxido de carbono, CO2).

Este aumento do CO2 e consequentes mudanças do sistema de carbono da água do mar influenciam a fisiologia do fitoplâncton marinho. Contudo, só agora se está a começar a considerar o potencial que determinadas espécies poderão ter para se adaptarem às mudanças globais (e.g. Lohbeck et al., 2012; Müller et al., 2010;Bell e Collins, 2008) e ainda nada foi feito para investigar o papel das relações estabelecidas entre organismos que coexistem na sua evolução. Assim, este projeto vai analisar se / como as interações estabelecidas entre organismos coexistentes afeta as respostas dos seres vivos ao aumento de dióxido de carbono (CO2).

RESULTADOS

Publicações em revistas internacionais 4; Comunicações e, encontros científicos 2; Relatórios 3; Organização de seminários e conferências 4.

FOTOGRAFIAS