PASTURCLIM -IMPACTO DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS NA PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DE PASTAGENS NOS AÇORES

DESIGNAÇÃO DO PROJETO:

PASTURCLIM -IMPACTO DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS NA PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DE PASTAGENS NOS AÇORES

CÓDIGO DO PROJETO:

ACORES-01-0145-FEDER-000082

OBJETIVO PRINCIPAL:

Aumentar a produção científica de qualidade e orientada para a especialização inteligente.

O projeto PASTURCLIM tem como objetivo analisar os impactos das alterações climáticas sobre a produtividade e composição nutritiva das pastagens respondendo ao desafio societal de adaptação às alterações climáticas. Vai assim permitir uma melhor preparação face aos efeitos que as estas alterações terão sobre a agricultura, sendo por isso uma prioridade dentro do RIS3. Com os resultados deste projeto poderemos gerar vários outputs: adaptação das pastagens às alterações climáticas, tornando-as mais resistentes; recomendações aos decisores de como manter ou aumentar a produtividade das pastagens no futuro (mantendo o status socio-económico da indústria do leite e da carne nos Açores); gerar dados inovadores.

Os objetivos específicos deste projeto são os seguintes:

A. Determinar as consequências diretas do aumento da temperatura e de seca extrema sobre as pastagens dos Açores;

B. Determinar as consequências para a disponibilidade de nutrientes no solo;

C. Avaliar alterações na pastagem, abundância de herbívoros e predadores e diversidade taxonómica e funcional;

D. Investigar as respostas ecofisiológicas das espécies das pastagens;

E. Gerar dados de campo que podem ser usados para prever de forma mais precisa quais as consequências das alterações climáticas e como estes podem ser lidados pelos decisores.

Nomeadamente procuramos responder às seguintes questões:

i) Qual o efeito das alterações climáticas (aumento de temperatura e padrões erráticos de precipitação) na abundância de espécies gramíneas das pastagens?

ii) Qual o efeito das alterações climáticas na produtividade primária das gramíneas nas pastagens?

iii) Quais são as consequências das alterações climáticas para a disponibilidade de nutrientes no solo?

iv) Quais são as consequências das alterações climáticas sobre a composição de nutrientes nas gramíneas?

v) Qual o tipo de pastagem mais resistente aos efeitos das alterações climáticas (semi-natural vs intensivo)?

vi) Como é que as alterações climáticas afetam os artrópodes presentes nas pastagens em termos de abundância e diversidade (pragas vs auxiliares)?

 

ENTIDADE BENEFICIÁRIA: Fundação Gaspar Frutuoso / Universidade dos Açores

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 179.444,78€

FUNDO EUROPEU DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL (FEDER): 152.528,06€

DESCRIÇÃO:

Este estudo irá decorrer na Ilha Terceira, a segunda ilha mais produtiva em termos de gado de leite nos Açores. Uma abordagem experimental será realizada de forma a simular as alterações climáticas previstas e analisar os efeitos potenciais sobre as pastagens nos Açores. Por forma a alcançar os nossos objetivos, uma experiencia manipulativa in situ irá ser montada. Para realizar esta manipulação, estruturas chamadas “open top chambers” (OTC’s – Camaras abertas no topo) e abrigos para chuva (rainout shelters) de forma a simular o aumento de temperatura bem como os padrões erráticos de precipitação, nomeadamente períodos de secas no verão. Haverá três tratamentos diferentes: aumento de temperatura; período de seca no Verão; e aumento de temperatura e período de seca do Verão. Como estas camaras serão colocadas in situ, isto permite um melhor entendimento dos efeitos das alterações climáticas num cenário mais realista, por oposição a experiencias ex situ. Haverá um total de 48 plots com os diferentes tratamentos, mais os controlos em vários locais diferentes na ilha Terceira. Várias medidas serão efetuadas no decorrer do projeto. 

Durante o período de três anos, amostras de solo serão coletadas de 6 em 6 meses e analisadas no laboratório de solos da Universidade dos Açores. Em cada plot a cobertura de todas as espécies de gramíneas será registada. Para artrópodes, armadilhas de interseção de voo e armadilhas pitfall serão usadas para os coletar. O número de plantas vivas e mortas será contado e a biomassa de manta morta será medida. Um esquema de monitorização usando fotografia digital térmica para avaliar e monitorizar os vários eventos fenológicos e determinar a biomassa acima do solo e a produtividade primária. A produtividade primária será também determinada medindo a concentração de Clorofila a. Amostras de gramíneas serão coletadas pré e pós época de crescimento, para serem analisadas no laboratório por forma a determinar o conteúdo mineral e proteico para se poder avaliar as alterações nos nutrientes ao longo do projeto.

RESULTADOS:

Deste projeto espera-se obter os seguintes resultados:

1) Determinar quais os efeitos das alterações climáticas sobre as pastagens em termos de: Alterações na disponibilidade de nutrientes no solo; alterações nas taxas de crescimento de gramíneas; alterações em temporização de floração; alterações no total de biomassa de gramíneas; alterações no conteúdo Clorofila a; e alterações na mortalidade de gramíneas.

2) Determinar que alterações as alterações climáticas causam na abundância, diversidade e guildas funcionais de espécies de artrópodes.

3) Determinar a confiabilidade de artrópodes como indicadores de alterações climáticas em pastagens.

4) Determinar que alterações as alterações climáticas causam no valor nutricional das pastagens.

5) Usar os dados inovadores obtidos para dar suporte ao stakeholders e decisores para estratégias para lidar com as alterações climáticas.

FOTOGRAFIAS