PO Açores 2020 - FEDER
Acrónimo:PO ACORES2020-2015-BEMAP-ET
Centro de Custos:641
Código da Operação:ACORES-01-0145-FEDER-000026
Título:BEMAP-ET - Bovine embryonic metabolism assessment as a strategy to predict pregnancy success
Início-Fim:31-10-2016 - 30-04-2021
Entidade Beneficiária Principal:Fundação Gaspar Frutuoso
Gestores da FGF: Lúcia Cláudio
Investigador Responsável:Joaquim Fernando Moreira da Silva
Unidades I&D:IITAA - Instituto de Investigação em Tecnologias Agrárias e do Ambiente
EntidadeFundação Gaspar Frutuoso
Custo Total Elegível149.999,91 €
PO Açores 2020 - FEDER (85.0 %)127.499,92 €
Principais Objetivos:

Identificar nos embriões bovinos produzidos in vivo e in vitro indicadores (metabólitos) que nos possam garantir a capacidade das vacas/novilhas ficarem gestantes, após a transferência desses embriões. Aumentar a produção científica de qualidade e orientada para a especialização inteligente.

Descrição do Projeto:

A tecnologia de transferência de embriões (TE) é considerada parte integrante das tecnologias de reprodução assistida, sendo que o resultado e a eficiência de gestações bem-sucedidas dependem principalmente da seleção de embriões viáveis ​​para transferência, o que é uma característica da estratégia efetiva de TE. Assim sendo, a capacidade de avaliar com precisão e rapidez a qualidade e a viabilidade de embriões pré-implantados, antes da transferência para o recetor, foi considerada altamente importante. Melhorar a previsão da viabilidade embrionária aumenta a eficiência dos programas ET com impacto financeiro significativo, uma vez que diminui o número de recetoras necessárias para a transferência de embriões, reduzindo o tempo e as perdas financeiras associadas à manutenção de recetoras por longos períodos. Até o momento, os métodos tradicionais de avaliação da qualidade embrionária baseiam-se principalmente na morfologia microscópica, pois, como se sabe, os critérios morfológicos não refletem a figura completa da competência embrionária, pois o embrião de baixa avaliação, pode apresentar elevado potencial de desenvolvimento. Por essa razão, torna-se evidente que a classificação visual dos embriões, por si só, é insuficiente e necessita de ser fortalecida por outros métodos paramétricos objetivos. Desta forma, o estudo dos metabólitos indicará verdadeiramente o potencial e a competência de um embrião para se desenvolver com sucesso após a transferência aumentando seu valor comercial, assim como a taxa genética e a produtividade animal. Desta forma, a avaliação de produtos das vias metabólicas, produzidos pelas células embrionárias e lançadas no meio de cultura dos embriões pode ser utilizada para prever a sua viabilidade e potencial de desenvolvimento. Além disso, os metabólitos são facilmente coletados, não causam danos às células e a sua quantificação representa os produtos finais dos processos regulatórios das células.

Resultados:

Pretendemos determinar a produção de metabolónicos embrionários por técnicas comumente empregadas para análise de carboidratos, metabólitos glicolíticos e aminoácidos, sendo que a espectrometria de massa (MS) é considerada uma análise sensível, rápida, qualitativa e potencialmente quantitativa de uma grande população de metabólitos, especialmente quando combinada com outras técnicas cromatográficas, como cromatografia líquida, gás cromatografia, eletroforese capilar e cromatografia líquida de HPLC.

Albúm


Evidências/Publicações