Fundação para a Ciência e Tecnologia
Acrónimo:PTDC/CTA-AMB/28511/2017
Centro de Custos:818
Título:Quando o arquipélago dos Açores foi realmente colonizado? Uma abordagem paleolimnológica de alta resolução
Início-Fim:01-10-2018 - 30-06-2022
Entidade Beneficiária Principal:Fundação Gaspar Frutuoso
Gestores da FGF: Lúcia Cláudio, Ricardo Figueira
Investigador Responsável:VÍtor Manuel da Costa Gonçalves
Unidades Orgânicas:FCT - Faculdade de Ciências e Tecnologia
Unidades I&D:CIBIO-A - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos
EntidadeFundação Gaspar Frutuoso
Financiamento Total54.650,00 €
Fundação para a Ciência e Tecnologia (100.0 %)54.650,00 €
Descrição do Projeto:

Compreender as ligações entre as mudanças climáticas e seu impacto na população humana e na adaptação das sociedades no passado é crucial para prever eventos climáticos e ecológicos futuros e prever respostas adaptativas. O objetivo principal é detectar os primeiros sinais de colonização e colonização humana do arquipélago dos Açores (AA), e realizar reconstruções climáticas robustas de alta resolução e ambientais nos últimos milênios em AA para entender os padrões de distribuição dos primeiros colonizadores. Essas reconstruções serão realizadas utilizando uma caracterização multiproxy de registros lacustres sedimentares. O projeto atingirá plenamente este objetivo identificando os primeiros sinais de mudança relacionados à ocupação humana. Planejamos usar tanto abordagens clássicas quanto novas abordagens de marcadores inequívocos da atividade humana preservados no registro sedimentar. Reconstruções paleoclimáticas permitirão desvendar quais condições climáticas ocorreram durante os primeiros assentamentos humanos em AA

Albúm


Evidências/Publicações