Interreg MAC
Acrónimo:INV2MAC
Centro de Custos:945
Código da Operação:MAC2/4.6d/229
Título:Uso potencial da biomassa gerada a partir de espécies de plantas invasoras da Macaronésia para uso industrial
Início-Fim:01-01-2020 - 31-12-2023
Entidade Beneficiária Principal:Fundação Gaspar Frutuoso
Gestores da FGF: Vera Cordeiro
Investigador Responsável:Alfredo Emílio Silveira de Borba
Unidades Orgânicas:FCAA - Faculdade de Ciências Agrárias e do Ambiente
Unidades I&D:GBA-cE3c - Grupo de Biodiversidade dos Açores
EntidadeFundação Gaspar Frutuoso
Financiamento Total101.360,51 €
Interreg MAC (85.0 %)86.156,43 €
Direção Regional da Ciência e da Tecnologia (15.0 %)15.204,08 €
Principais Objetivos:

O projeto desta candidatura enquadra-se na área temática prioritária da Agricultura, Pecuária e Agroindústria, na Prioridade Estratégica da Promoção da Diversificação e Sustentabilidade de Dois Sistemas de Produção, área de intervenção em Nutrição Animal. Embora ou projeto preveja uma intervenção na área da Nutrição Animal e produção de composto, e é suscetível de se inserir em qualquer uma das 3 estratégias prioritárias. Por um lado, é uma inovação para o tecido económico da região, enquadrando bem como a promoção de relações de atividades inovadoras relacionadas com a Agricultura. Por outro, trata-se de uma inovação com efeito na diferenciação e valorização de dois produtos da região. Por fim, sua implementação teria efeitos positivos na sustentabilidade de dois sistemas de produção.

Descrição do Projeto:

Aproveitamento industrial da biomassa gerada por espécies vegetais invasoras presentes na Macaronésia, como cana (Arundo donax L.), ou cato (Opuntia), ou rabo de gato (Pennisetum setaceum), conteira (Hedychium gardnerianum) ou mamona (Ricinus communis L. ), acácia (Acacia dealbata) e incenso (Pitiosporum undulatum). Caracterização estrutural das diferentes espécies vegetais a serem estudadas: determinação do comprimento da fibra em detergente ácido, fibra em detergente neutro, zinco, teoria das proteínas, ainda, determinar as substâncias potenciais contendo bioativos (antioxidantes e compostos polifenólicos) nelas. Testes para melhorar as propriedades do material vegetal: serão feitas modificações no material vegetal por meio de tratamentos químicos para melhorar sua composição e/ou sua digestibilidade. Serão realizados testes de digestibilidade in vitro de dois materiais diferentes, antes e após a aplicação de dois tratamentos.

Albúm


Evidências/Publicações